Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
89 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56716 )
Cartas ( 21159)
Contos (12581)
Cordel (10005)
Crônicas (22135)
Discursos (3130)
Ensaios - (8935)
Erótico (13377)
Frases (43185)
Humor (18330)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2595)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137945)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4719)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ALICINA -- 01/02/2004 - 22:21 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
ALICINA



Juan de la Ville

1 de fevereiro de 2004





Poderia chamar-se Alicinha

Mas não é

Seu nome é simplesmente Alicina

Nasceu para ser donzela guerreira

Já com defesas naturais

Seu corpo está fadado

Para conter parasitas e predadores

Hoje tornou-se conhecido seu poder de ataque

Usa armas inteligentes

Tem um arsenal balístico de primeira linha

Quando o inimigo se entrincheira

Dispara certeiramente

Para destruir áreas perigosas

Alicina passa a ser a partir de agora

Um nome de referência

Essencial

Na luta do homem contra o câncer

Com seus mísseis

Alicina preservará muitas vidas

Que sem ela certamente se perderiam...





Juan de la Ville

Brasília

1 de fevereiro de 2004
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 697 vezesFale com o autor