Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
60 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56828 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10012)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8955)
Erótico (13388)
Frases (43349)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138025)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4767)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->SAUDADES DA VELHA USINA -- 27/07/2005 - 09:38 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
SAUDADES DA VELHA USINA

Ainda me lembro daquele tempo
Em que nossa querida Usina
Era como aquela mesa de bar
Onde qualquer um podia chegar
E sem pedir licença se assentar
E então discutir sobre literatura.

O bar continua naquela esquina
A mesa ainda é nossa Usina
Mas a literatura já não é literatura.
Algumas mentes pequeninas
Para ocultar sua mediocridade
Sentam-se à mesa da cultura.

Mas mediocridade não pode
Ocultada assim tão facilmente
E em pouco tempo a gente
Percebe o que sabem fazer:
De literatura nada infelizmente
De pornografia as mais indecentes.

Penso onde isso vai chegar
E no que as nossas crianças
Sentem com tanta indecência,
Com tanta falta de respeito
Ao que muita gente tem feito
Para melhorar a cultura do país.

Mas a vida tem dessas coisas
E em toda caixa de maçã
Há sempre algumas podres.
Assim também é o bar da Usina
Que no meio de mentes sãs
Há também mentes podres.

Não podemos nos contaminar
E ser levados por essa sujeira.
Que realmente se saiba separar
As maças podres das boas
Para que nossa querida Usina
Não se torne uma revista masculina.

LEIA TAMBÉM:
O PT E O MENSALÃO
A MAIOR DECEPÇÃO
NESSE DIA ESPECIAL
AGORA EU QUERO VER
OS VAIDOSOS DA USINA
QUE ENRASCADA!
O POVO A MORRER DE FOME
O PUNHETEIRO ASSUMIDO
E NIEZSCHE TINHA RAZÃO
A INVASÃO IANQUE
DUELOS DE JUMENTOS
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui