Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
44 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56824 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10011)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8953)
Erótico (13387)
Frases (43341)
Humor (18382)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138023)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4765)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->SOTAQUE BRASILIENSE -- 14/05/2004 - 23:32 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




SOTAQUE BRASILIENSE

Jan Muá



A vida irrompe procurando espaços

Para ser e aparecer



Aconteceu com ela.



Conheci-a jovem

Destacada

Arrumada e bela!

Foi notícia de jornal

Comentada em gabinetes



Inicialmente se adaptou ao gosto de todos

Mas mais crescida

Criou seu próprio sotaque

E hoje é um prazer vê-la e ouvi-la



Já dama feita

É uma rainha coroada por eleição



Nascida em pleno cerrado

Montou seus próprios cenários de vida

Para seus filhos viverem



Maternal se tornou casa de todos

Capital



Temos por ela enorme carinho

Porque ela é a alma que nos expande

É o espaço que nos dá o movimento

É o pulmão do ar que respiramos

E o coração do amor com que vivemos!

Brasília!



Jan Muá

14 de maio de 2004

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 757 vezesFale com o autor