Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
85 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55586 )
Cartas ( 21086)
Contos (12217)
Cordel (9652)
Crônicas (21424)
Discursos (3115)
Ensaios - (9924)
Erótico (13156)
Frases (40562)
Humor (17585)
Infantil (3581)
Infanto Juvenil (2319)
Letras de Música (5429)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136176)
Redação (2882)
Roteiro de Filme ou Novela (1041)
Teses / Monologos (2376)
Textos Jurídicos (1910)
Textos Religiosos/Sermões (4276)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->Amo -- 05/07/2003 - 13:16 (maria da graça almeida) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Amo
maria da graça almeida

Amo tua lua alta,
inconseqüente,
clave ou pauta,
aura indecente,
a cada pausa,
a carne ardente...

Amo tua luz maior.
Presta, em sonhos
-que sei de cor-
teu ser tristonho
repinto e ponho
muito melhor.

Amo teu luar cheio...
minguante ou meio.
Teu ar bisonho
- mero esteio-
faço risonho
entre meus seios.

Amo tua voz revolta
de som aberto,
mesmo sem ter
tua língua envolta
nos lábios quietos
do anoitecer.

Amo, sem me conter,
e, com prazer,
vejo-me solta
com a roupa rota,
na boca insossa
do amanhecer.


maria da graça almeida
todos os direitos reservados



Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui