Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
89 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55065 )
Cartas ( 21063)
Contos (12134)
Cordel (9570)
Crônicas (21231)
Discursos (3108)
Ensaios - (9913)
Erótico (13137)
Frases (39994)
Humor (17551)
Infantil (3565)
Infanto Juvenil (2309)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135739)
Redação (2875)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4207)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Redação-->DECIDA : SELEÇÃO "DE" SENEGAL OU SELEÇÃO "DO" SENEGAL? -- 01/06/2002 - 20:46 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos





PARA NOS EXPRESSARMOS EM VERNÁCULO DEVEMOS DIZER:SELEÇÃO "DE" SENEGAL OU SELEÇÃO "DO" SENEGAL?

João Ferreira
1 de junho de 2002


Os jornais de hoje, ao noticiarem a surpreendente vitória senegalesa sobre a equipe francesa na abertura da Copa Mundial de Futebol, abriram uma pergunta natural. A pergunta é: como é mais correto dizer:seleção "de" Senegal" ou seleção "do" Senegal? Ou seja, o nome do país Senegal é acompanhado do artigo "definido" "o" ou não?
De nossa parte não temos nenhuma dúvida.
A tradição de língua portuguesa registra Senegal precedido do artigo masculino "o", sim. Seria, portanto, Seleção "do Senegal".
Mas como o problema entretanto se situa na mídia, é na mídia que tem de ser discutido. E é por isso que achamos oportuno e necessário que se discuta esta questão pois os veículos de comunicação se desencontraram hoje.
Falando mais concretamente, dois periódicos importantes de São Paulo falaram, nas edições de hoje, da Seleção "de" Senegal, em contraste com os periódicos principais do Rio de Janeiro e dos demais pontos do país que falaram de Seleção "do Senegal".
Preparei uma matéria e uma extensa informação para enviar ao ilustre acadêmico Arnaldo Niskier que tem uma coluna no diário carioca "O Dia", intitulada "Na Ponta da Língua". Preparei os dados e lhos enviei em forma de consulta para o e-mail apontado no jornal: aniskier@carioca.br. Mas meu e-mail retornou. Para não perder o material e porque o debate urge, resolvi trazer esta questão para a tribuna de Usinadeletras.
Os termos da questão, portanto, são os que foram apresentados na pergunta do título deste escrito. Como deve dizer-se: seleção "de" Senegal ou Seleção "do" Senegal?.
1.A Folha de S.Paulo, através do UOL Esportes deu-nos manchetes e textos deste tipo: "Para saber mais sobre a preparação "de Senegal" para a Copa do Mundo; "O atacante El Hadji Diouf, "de Senegal", revelou, nesta sexta-feira[...]"; O técnico Bruno Metsu, "de Senegal", não poupa elogios aos jogadores". Por sua vez, o "Estadão digital", SP, em sua edição de 1 de junho de 2002 fala dos jogadores "de Senegal" e dos treinos "de Senegal".
2. Se porém dermos um passeio pelas bancas de jornal e pela Internet, buscando a linguagem utilizada pelos vários jornais brasileiros de Norte a Sul, a maneira de dizer inclina-se quase cem por cento para a forma "seleção "do" Senegal".
Começando pela consulta ao Almanaque Abril Mundo 2002, a expressão encontrada é "o Senegal" (nome do país acompanhado do artigo determinado masculino). Entre os jornais cariocas escolhemos "O Dia" e "O Globo". O Globo estampou uma clamorosa manchete logo na primeira página que reza assim: "É legal ser negão "no" Senegal". E ainda: "Jogadores da França esquecem derrota com as mulheres"[...] um dia depois da derrota para "o" Senegal...". O jornal "O Dia", também carioca, trazia uma manchete nos seguintes termos: "Brasil comemora zebra[...]e, na sequência: "Na Coreia, a festa foi dos jogadores "do" Senegal". O jornal "O Liberal", de Belém do Pará, no Norte do Brasil, escreveu: "A Favorita perde a pose[...] os franceses foram derrotados "pelo" Senegal por 1x0". "Zero Hora" do Rio Grande do Sul, em enquete dirigida aos leitores perguntava: "Você acha que a Turquia pode ser "o" Senegal do Brasil?". E o jornal esportivo "Lance", edição do Brasil Central registrava "Técnico eufórico "do" Senegal". O "Diário da Manhã", de Goiãnia, em seu caderno de Esportes, registra a manchete: "Brasileiro vê vitória "do Senegal"; o "Jornal de Brasília", da capital Federal: "Derrota da França para "o Senegal" por 1X0"; o jornal candango "O Correio Braziliense", na edição de hoje: " O Senegal manteve a tradição"[...] "O Presidente "do" Senegal"; o jornal "O Povo" de Fortaleza, no Ceará lança a manchete: Zebra na abertura; Senegal derrota França: "Um gol histórico de Papa Bouba Diop realizou um sonho "do" Senegal".
3. Para meus leitores fica fácil, agora, perceber que nos vários centros do país, à exceção da Folha e Estado de S.Paulo, se registra copiosamente a preferência pelo uso do artigo definido "o" quando há referência ao Senegal. De acordo com a maioria esmagadora dos meios de comunicação brasileiros, a tendência é falar da seleção "do Senegal" e não da seleção "de Senegal". Para confirmar ainda, no próprio Estado de S.Paulo, "A Tribuna digital", de Santos, SP, em sua edição de ontem, 31 de maio, dizia:"Esta é a primeira vez que "o" Senegal participa de um campeonato do Mundo".
Em vista do exposto, você, leitor, não hesite em dizer: O Senegal, a seleção do Senegal, os jogadores do Senegal, a derrota da França para o Senegal, os campeoníssimos atletas do Senegal, etc...
Se falar assim, estará praticando seu vernáculo, além da mídia, que às vezes se engana também ou opta por uma preferência à margem do vernáculo praticado no país.


João Ferreira
Brasília
1 de junho de 2002



Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 98Exibido 958 vezesFale com o autor