Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
56 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56388 )
Cartas ( 21118)
Contos (12482)
Cordel (9833)
Crônicas (21786)
Discursos (3122)
Ensaios - (9975)
Erótico (13197)
Frases (41435)
Humor (17685)
Infantil (3603)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5445)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136898)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4473)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Caríssima -- 25/03/2003 - 14:34 (Cida Piussi) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Oi Ma!

Se soubesse o quanto senti a sua falta... A última mns que recebi, perdoe se me engano, pareceu que havia um tom de " despedida".. " vou-me embora..." e então retirei o time de campo. Mandei alguns FW; , muito interessantes, lindos, mas, nada.

Parei de escrever... o e-mail que vc. deve estar se referindo já não consta como existente... Daí, óbvio, não havia para quem mandar.

O que há com vc? Sabe que o meu carinho por vc. é incondicional..." meu anjo-da guarda" que achei haver perdido... gosto demais de vc; não poderia ser diferente... sempre foi especial. Fico triste em saber que teve um " mau tempo"... ; mas pelo menos, pelo que vejo, viaja bastante... isso pode não ser muito agradável, mas mudança de ares produzem efeitos. ( Entendi mal ou sempre onde vc. esteve havia uma "Ci", no meio do trabalho?? rsss)

Eu, fiz absolutamente nada nessas férias. Uma coisa, no entanto foi importantíssima,pois pela primeira vez em centenas de anos que passei um Natal e um Ano Novo com toda a fampília reunida e não houve uma briguinha sequer... e olhe, isso é algo que lembrarei prá sempre. Passamos com minha mãe e minha sogra e Cia,. Mesa cheia, festiva, nem com ele, discuti. Acredita? Sei lá, talvez, eu realmente esteja crescendo.

Depois fiquei 2 meses hibernando... debaixo das cobertas, absolutamente só. ( o Júnior comigo, claro, e a empregada). As meninas foram à praia e voltaram depois do carnaval. Eu não tive a menor vontade de sair daqui... embora tivesse todas as oportunidades. Poderia ter ficado no Rio, em S. Paulo, ido a Floripa, Salvador, tb.... recebi a filha de uma amiga de lá... mas foi para a praia com as meninas.
Ele viajando sempre... Chegou domingo dos EUA, veio prá cá no domingo mesmo e foi hj. de volta ao Rio. Poderia ter ido com ele tb., mas era convenção; ficaríamos separados e fazer programas diferentes... claro que era burrice eu gastar.

Também fiquei mal uns tempos... solidão é bom, mas nem tanto... de qqer maneira, minha vida tem tomado um caminho diferenciado...

Compramos um apartamento novo... e está em fase de organização... . Bem, creio que em 20 dias deverei estar na casa nova.

Aqui estão na maior empolgação... pois é o sonho de consumo delas... voltar prá rua onde sempre viveram... pro bairro , perto dos amigos... Veremos.

Bem, há coisas que tomam determinados rumos... acho que agora minha corrente é "independência",
mas quando penso que as coisas estão sendo facilitadas para eu " cair fora inventa algo e eu me aprisiono... por medo, por covardia, por comodismo...

Continuo com as minhas aulinhas... é a única coisa que me faz feliz. Às vezes penso que me queixo demais, que exijo demais( meu psiquiatra diz isso), pois nem o fato das meninas estarem na faculdade, a pequena entrou na ESPM, me empolgam. Sou um peixe insatisfeito... mas consciente... Um dia, ah! Preciso sentir algo que me alimente, tesão pela vida, pelo mundo, por mim mesma. Sei que o tempo escoa entre os dedos e se eu não tomar as rédeas vou virar cinzas, falando sempre a mesma coisa...

Meu Deus! Que sede de falar, escrever... Não teclo mais, passa semanas que nem ligo... as crianças que vêm e ficam aqui , enquanto assistem "A casa das sete..." e usam... e eu ainda brigo com elas. Elas querem aproveitar que estou em casa para ficarem por perto... mas isso me incomoda... devo ser o pior exemplo de mãe do mundo...

Ma, desculpe a enxurrada, mas não tenho com quem me abrir... a não ser com psiquiatra... rsss. Se soubesse como estou feliz por escrever prá mim. Nem sei se vai ler tudo isso. Delete a metade e ainda assim sabera´muito.

Vc. sabe, adoro vc., como amigo, como a pessoa que sempre esteve de um jeito ou de outro nos meus piores e melhores momentos.

Desculpe lotar o seu email, mas estava transbordando...

Um beijo imenso e obrigada por VOLTAR!

Ci

Subject: Carissíma
Date: Sat, 22 Mar 2003 21:12:33 +0000


" vou me embora, vou me embora, prenda minha..."

como vai?

Estou te escrevendo para que me envie mensagem sempre para esta conta, pois esqueci a bendita senha do e-mail novo e, não consigo lembrar nem com ajuda, acredita?...risos

Desde janeiro, tenho estado muito mau comigo mesmo e tentando superar algumas dificuldades me tranquei, por isso diminui o contato com todas as pessoas, inclusive com pessoas especiais e iluminadas como você.

Saíba que tenho um apreço muito grande por você, pela sua coragem, pela sua sensibilidade. Eu não sei te dizer porque, mas de alguma forma você me encanta. Eu queria que soubesse que te admiro como mulher, vejo você como mulher, amiga. Você sabe!!!! Me sinto um pouco um farroupilha, risos.

Me escreva contando o que tem feito? Conte sobre tudo? Espero que as coisas tenham melhorado? Fale tudo? Eu sempre, por toda vida estarei pronto a ouvir você, acredite nisso. Acho que somos amigos de outras vidas, pois toda vez que lembro do sul, eu me lembro com muito
carinho de você.
Agora estou em BH, mas estive no Carnaval em Floripa e depois fui a negócios para Aracajú, Rosário do Catete, Salvador (onde me lembrei de você), Serrinha, Vitória, Baixo Guandu, Aimorés e finalmente a BH, onde estou agora. E fique sabendo, neste lugares que você nem sabe onde é, lá em todos eles haviam négocios, inclusive em Porto Alegre. risos...

Beijos e um forte abraço,

Ma

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 311 vezesFale com o autor