Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
35 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56716 )
Cartas ( 21159)
Contos (12581)
Cordel (10005)
Crônicas (22135)
Discursos (3130)
Ensaios - (8935)
Erótico (13377)
Frases (43185)
Humor (18330)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2595)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137945)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4719)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->PARA TODOS ELES -- 02/11/2004 - 10:43 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


PARA TODOS ELES

Em memória de todos os finados





Jan Muá

2 de novembro de 2004





Minha homenagem vai para todos eles

Que já se foram desta vida

E viajaram galgando nosso estado

Além da fronteira

Que nos intriga a todos.

Para todos eles que um dia encontrarei

No grande Vale de Josafat

Vai minha saudação e meus respeitos

Misturados de soberana vontade de lhes perguntar

Que tipo de mudança os afetou

Onde se encontram

Se estão melhor do que quando diluíam

Na peregrinação terrestre suas forças vitais...

Tenho uma tremenda curiosidade de saber

Como é esse reino onde se encontram

Em relação à terra que deixaram

Como vêem a vida da terra

Pelo espelho da vida que têm

Na diferença da matéria que aqui encarnaram

Como se relacionam com os demais seres do cosmos

E quem são as forças soberanas que os regem...

Adoraria que me ouvissem

E desfizessem em mim esta pressão da curiosidade

Que sabe que "o além" em nossos dicionários

É apenas um substantivo abstrato...

Mais do que tudo gostaria de saber como é

Ter um Deus ou muitos deuses criando e regendo o Universo

E como é a relação concreta desse Criador

Com todos os vassalos da criação cósmica...

Gostaria que me dissessem da imortalidade da alma

Da reencarnação e de outras teses espirituais

Ensinadas por Pitágoras em Crotona na Sicília

Por Platão pelos hindus pelos cristãos de sempre

E pelos espíritas de hoje...

Gostaria que me relatassem como são as ilhas divinas e os lugares de bem-aventurança

E as ilhas de amores perdidas nos oceanos do universo

Se há reinos de perdição e infernos e barcas de Caronte

Se a comédia divina é mais gloriosa e esplendente

Do que a dramática Divina Comédia de um mortal poeta chamado Dante...

A estes meus amigos do espaço impalpável perguntaria até onde iremos nesta rotação interminável...

Como mestres e sábios de uma vida que ainda não conhecemos

A eles diria que estimaria saber nesta terra a natureza do véu da diferença entre o "aquém" e o "além"

E curtir a chegada da informação aos meus neurônios captadores das relações múltiplas

De um universo em movimento globalizante...

E gostaria finalmente de sentir em meu ser

Que a vida se prolonga para além do tempo da terra

E que apenas outro estado e outra forma de ser nos espera após a dissolução do corpo em pó

Sendo a vida e nossa viagem ao fim do tempo apenas uma transmutação.







Jan Muá

2 de novembro de 2004









Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 511 vezesFale com o autor