Usina de Letras
Usina de Letras
74 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59671 )

Cartas ( 21255)

Contos (13330)

Cordel (10321)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9538)

Erótico (13486)

Frases (47222)

Humor (19421)

Infantil (4628)

Infanto Juvenil (3940)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138785)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5662)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->"NÃO TEM SALVAÇÃO. É MUITA CACHAÇA E POUCA ORAÇÃO." -- 01/06/2021 - 06:30 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Em luta sem precedente

De um homem solitário

A quem somos solidários

Hoje nosso presidente

Mostrando ser competente

Contra essa podridão

Que PT impôs à Nação

Por muito tido por maldito

Meu malcriado favorito

Destruiu a destruição

 

A Anta ninguém a compreende

“Destruir a destruição”

Frase dita sem noção

Tradutora se surpreende

Daquilo nada entende.

Foi metáfora à Nação

Pois PT é a destruição

Disse aquele ente maldito

Meu malcriado favorito

Destruiu a destruição

 

A destruição que nos assola

Continua em nosso meio

Bolsonaro botou um freio

Mas ainda levamos sola

Dos comedores de bola

Desde o maldito Mensalão

Tudo aqui é podridão

Que quer ainda manter o rito

Meu malcriado favorito

Destruiu a destruição

 

 

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, JUNHO/2021

Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 25Exibido 166 vezesFale com o autor