Usina de Letras
Usina de Letras
46 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59671 )

Cartas ( 21255)

Contos (13330)

Cordel (10321)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9538)

Erótico (13486)

Frases (47222)

Humor (19421)

Infantil (4628)

Infanto Juvenil (3940)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138785)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5662)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->NAS RUAS NÃO VEMOS MAIS ALEGRIA DAS CRIANÇAS -- 01/11/2021 - 10:26 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Hoje não vemos mais crianças

Transmitindo-nos alegrias

Correndo nas calçadas e ruas

Fazendo suas estripulias

Celular rouba sua infância

Talvez não volte algum dia

 

Num tempo não muito distante

Nossas ruas tinham mais vida

Crianças brincavam, riam

Jogavam bola na avenida

Hoje, com fones nos ouvidos

Vivem totalmente perdidas

 

Os pais, para maior comodidade,

E assim não terem trabalho,

Presenteam-nas com tablets,

Tornando-as um espantalho

Ou um animal doméstico

No qual se põe um chocalho.

 

No passado, nossa alegria

Era uma pequena bola

Conversar com os amigos

No colégio, na escola.

Andar livre com um pássaro

Não preso em moderna gaiola.

 

As crianças parecem zumbi

Em sua maioria gordas, obesas

Que com o passar dos dias

Perdem sua maior riqueza

Pizza e refrigerantes

Roubam o resto da beleza.

 

Para completar o quadro

Nem os alunos fardados

Vemos mais no meio da rua

Isso me deixa assombrado

Pois não sei qual é futuro

Pra eles é esperado.

 

 

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, SETEMBRO/2021

Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 25Exibido 34 vezesFale com o autor