Usina de Letras
Usina de Letras
72 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60283 )

Cartas ( 21285)

Contos (13379)

Cordel (10352)

Cronicas (22252)

Discursos (3187)

Ensaios - (9687)

Erótico (13520)

Frases (48078)

Humor (19493)

Infantil (4786)

Infanto Juvenil (4142)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139180)

Redação (3100)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5773)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->ÁGUA NOS DEU BOLSONARO/MOLUSCO NOS DEU O CANO -- 01/05/2022 - 12:34 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Dom Pedro vendeu seus bens

Para fazer transposição

Pra Nordeste da Nação

Mas colheu poucos vinténs

Valor bastante aquém

Pra concretizar seu plano

Agora depois de muitos anos

Num trabalho muito raro

Água nos deu Bolsonaro

O Molusco nos deu o cano.

 

Num trabalho vigoroso

Sem alarde ou roubalheira

Tem água na nossa biqueira

Pra regar terreno arenoso

Deixar o sertão viçoso

O povo deixar de ser cigano

Não sofrer com mais enganos

De modo transparente, claro

Água nos deu Bolsonaro

O Molusco nos deu o cano.

 

Para fazer um buraco

Destruído por erosão

Ganharam quase um bilhão

Bolsonaro que não é fraco

Sem meter a mão no saco

Fez ainda poço artesiano

Não deu dinheiro pra manos

E o que não foi tão caro

Água nos deu Bolsonaro

O Molusco nos deu o cano.

 

Os buracos do Molusco

Gastaram nossos recursos

Até hoje vemos urso,

Que deixaram seus chamuscos,

Para entrar no lusco-fusco

Foram cortados os afanos

Daquele sujeito tirano

Criminoso bem avaro

Água nos deu Bolsonaro

O Molusco nos deu o cano.

 

 

FORTALEZA, MAIO/2022

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 25Exibido 46 vezesFale com o autor