Usina de Letras
Usina de Letras
17 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62481 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50868)
Humor (20083)
Infantil (5501)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Da Fala -- 26/08/2000 - 21:29 (André Bednarski) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


Da Fala

Dizem que usamos apenas uma Terça parte da real potencialidade de nossos cérebros. Alguns bem menos que isso... de qualquer forma, é interessante notar como às vezes, parece haver um descompasso, um desarranjo entre nosso corpo e a mente. Os exemplos são muitos: queremos ir para um lado e embestamos para outro; não entendemos nada do que está escrito no jornal, até nos darmos conta de que ele está de cabeça para baixo; não chove dentro de um prédio, mas assim mesmo entramos com o guarda-chuva aberto; vamos repetindo o nome do remédio até chegarmos na farmácia e quando lá chegamos "qual era mesmo o nome daquele remédio ?"; juramos de pé junto, temos certeza absoluta, de que fizemos algo e então surge a realidade dos fatos, para nos achocalhar com a verdade e por aí adiante. Pequenas falhas que por vezes nos põem no ridículo.
Dentre essas faltas existe uma particularmente corriqueira e que está na diferença daquilo que dizemos e daquilo que realmente queremos dizer. Assim, no funeral, a viúva ouve de um dos amigos do defunto que vem lhe prestar os respeitos:

- Uma grande perda. Meus pêndulos...

Voluntários surgem para erguer a viúva, subitamente acometida de nova fraqueza. Pêsames, quis dizer o rapaz, mas... ou então a garota que chega com o resultado de seu exame médico para a mãe, aflita:

- Está aqui o exame. Tudo normal, graças a Deus. Nenhum problema de gravidez...
A mãe duplamente aliviada. Nem gravidez, nem gravidade. Erros acontecem também na concordància , delatando algo de nossa escolaridade..

- Tá muito cheio aqui, neste clube. Deviam colocar menas gente...

- Feito freguês. Deu duzentas gramas...

Mas o terrível é quando estamos sob pressão e existe toda uma multidão ao redor para presenciar nosso escorregão, tornando-o ainda pior: Assim, a secretária muito nervosa em seus primeiros dias de trabalho no curso Pré-vestibular atende o telefone:

- Bom dia. Curso Metas, Viviane falando. Em que posso ajudá-lo ?

- Quando é que vão começar as aulas de Lambada ? - pergunta o cara do outro lado da linha.

- Lambada ? - ela repete já nervosa. Ao seu redor cerca de quinze pessoas estão paradas, ouvindo espantadas a conversa. - Olha, - diz ela tentando parecer calma.- me desculpe, mas eu acho que o Senhor se engasgou...

Se enganou, minha cara, enganou... Mas agora já é tarde..
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui