Usina de Letras
Usina de Letras
60 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60362 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9714)

Erótico (13520)

Frases (48249)

Humor (19550)

Infantil (4828)

Infanto Juvenil (4178)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139358)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Amizade -- 02/01/2005 - 22:38 (Arthur Nogueira Lazaro) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Amizade



Semanas se passaram e não vi o lugar ocupado

As calçadas vazias e as ruas desertas, o vazio.

Assim lembro de você, para trazer a paz de volta.

Hoje as contas de água e telefone chegaram

E tem reunião no condomínio

Você me pediu para comprar pão e leite

E esqueci de comprar a lâmpada da cozinha.

Houve cortes e pensamentos invertidos

Mas tudo o que ficou foram palavras lindas

Não houve raiva ou chateação

Somente à vontade de soltar uma lágrima para você.;

Não sou uma religião ou um profeta salvador

Muito menos carteiro trazendo novidades

Sou apenas seu amigo mais sincero

Que pede seu colo em casos desesperados

Hoje me apaixonei de novo

E você soltou minhas palavras ao ar

Que confessei com você com um brinde de café

E nunca me senti tão amigo assim

Agradeço a sua escolha e sua paciência

Mas para de drama que o pó acabou

E a mercearia está fechada, hoje é domingo.

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui