Usina de Letras
Usina de Letras
23 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->O POVO TEM QUER SER EXTINTO - HOMENAGEM AO BENEDITO -- 01/09/2007 - 17:01 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Benedito Generoso
diz, mostrando a sua coragem,
e eu concordo com ele
nesta grande abordagem:
“o povo tem que ser extinto.”
Presto-lhe homenagem

Na vida o povo só quer
mesmo é levar vantagem
veja nossos políticos
vivem só de malandragem
e para ganhar dinheiro
partem pra picaretagem.

Nosso Congresso vai mal.
Escândalo todo dia.
Bandidos em toda parte
que chega até dar agonia.
Mas quando se prende um
logo justiça alivia.

Acabam com as florestas
para plantar cocaína.
Fazem guerra por ópio
e também por heroína.
Criam guerras mesmo pro nada
que eles tramam na surdina.

Devastam matas, rio, mares
com extinção de animais
A ambição é tão grande
que não se salva pantanais.
Do jeito que a coisa vai
logo água não há mais.

Sem qualquer preocupação
a população se expande
em proporção geométrica
nas ruas não há mais quem ande.
As favelas proliferam
com casas feitas de flande.

Com o passar da euforia
do aquecimento global
nossas escolas de sambas
se preparam pro carnaval.
A isso o povo aplaude,
e acha a coisa mais normal.

O governo ainda criou
as tais de bolsas-família,
dinheiro povo aproveita
para trocar a mobília,
mas devia aumentar sobre
natalidade vigília.

A igreja nisso se mete
sendo contra o aborto,
e uso de preservativo
para de fome ser morto
as crianças que nascem
neste mundo feio e torto.

Mas a igreja não fala
das crianças que estão em guerras,
que limpam campos minados
senão a máquina emperra.
Fazem favores sexuais
sobre isso ela não berra.

Cerca de trezentas mil
crianças, em vinte e um
países, estão em guerra.
Eu nunca vi padre nenhum
ser contra toda essa merda.
Mas o aborto é zunzum.

O Henrique é um doido
poderão até dizer
sendo o povo mesmo extinto
ele também irá morrer.
Mas não nasci pra semente
isso não me faz sofrer

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
AGOSTO / 2007
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 844 vezesFale com o autor