Usina de Letras
Usina de Letras
63 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60362 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9714)

Erótico (13520)

Frases (48249)

Humor (19550)

Infantil (4828)

Infanto Juvenil (4178)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139358)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Sonhos -- 03/03/2005 - 20:18 (Arthur Nogueira Lazaro) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Chega a ser uma caminhada em pleno solo de nuvem

Noitinha fria e de acalentos escondidos nos cantos

Sinto a vontade de existir e ser único no mundo.;



Agora sei que no sonho, eu durmo sozinho

O choro e a reza que se escutam no canto escuro

São minhas, sentidas por cada gota de chuva que cai.;



Eu sei que as palavras são duras e machucam

Mas esperei por tanto tempo que não percebi

Que corações despedaçados são lendas

Cravadas em despedidas melancolicas.;



Folhas caem com o outono e nascem na primavera

Essa noite eu sonhei com você

E no sonho eu realizei sonhos

Peguei na sua mão e sai andando sem rumo

Pelos sonhos que um dia eu desejei ter.

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui