Usina de Letras
Usina de Letras
19 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->IMAGENS DA SECA - CONTINUAÇÃO -- 24/05/2007 - 17:53 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

IMAGENS DA SECA.

Eu olhando a estiagem
Deitado na minha rede
Vi um açude sem água
Com três rachões na parede
E uma abelha no velório
Da flor que morreu de sede.

(João Paraibano)


E eu passando num sítio
Avistei uma senhora
Rogando a Deus proteção
Pra um filho que foi embora
E pedindo chuva a São Pedro
Para ver molhada a flora.

VICENTE WELLINGTON

E eu avistei um açude,
todo ele ressequido.
O solo muito rachado,
parecia ser esculpido
no leito daquele riacho,
e de água desprovido.

Henrique César Pinheiro
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 1091 vezesFale com o autor