Usina de Letras
Usina de Letras
26 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->CEMITÉRIO NÃO TEM UM SÓ CRETINO -- 25/09/2007 - 18:42 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Toda lápide de um cemitério
serve só pra fazer sempre apologia.
Encontrar um bandido se desafia,
pois ali nunca há qualquer critério.
As maldades sofrem um revertério.
Não importa se foi um desonesto;
morto deixa de ser um indigesto.
Todos o acham agora bem menino;
cemitério não tem um só cretino,
lá só mora quem é bom e honesto.

Todos se morassem num cemitério,
não haveria maldade, nem tanto crime.
Acho que o povo seria mais sublime,
tanto no pólo e no hemisfério.
Agiríamos com bem mais critério.
E seríamos também mais modesto.
Não apostes tu neste manifesto.
Pois o mundo não é o que ensino.
Cemitério não tem um só cretino,
lá só mora quem é bom e honesto.


Henrique César Pinheiro
SETEMBRO/2007
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 963 vezesFale com o autor