Usina de Letras
Usina de Letras
17 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->A BURRICE DO POVO É TÃO GRANDE. -- 01/10/2007 - 19:54 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Nessa vida atitudes são tomadas
sem medir as futuras conseqüências
por faltar-nos também boa consciência,
e não vermos que as coisas erradas,
que fazemos, podem tornar ciladas.
Ao agir seja um bom futurista
nunca aja como grande vigarista
Porque assim o bem sempre se expande.
A burrice do povo é tão grande,
que até nem consegue ser egoísta.

Busque dar prevalência para o bem
Nunca tire vantagem ou proveito
Se o fato não lhe parecer direito
e trouxer prejuízo a alguém
mesmo quando vantagem se obtém,
nós devemos do bem ser avalista.
Procurar ser uma pessoa bem quista.
Veja bom exemplo dado por Ghandi.
A burrice do povo é tão grande,
que até nem consegue ser egoísta.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
OUTUBRO/2007

MOTE: FELIPE ROCHA
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 1143 vezesFale com o autor