Usina de Letras
Usina de Letras
23 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62484 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50871)
Humor (20083)
Infantil (5503)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->BELMONTE -- 10/11/2007 - 21:20 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Ali na Rua do Lavradio
Bem no coração da Lapa,
Tem Bar de nome Belmonte,
onde o garçom não derrapa,
Servindo um bom chopp
E uma boa carne na chapa.

Fui até lá com um amigo,
Chamado de Carlos Maia:
Um sujeito muito fino,
E também bom de gandaia
lá nós tomamos uns tragos
Olhando uns rabos-de-saia.

O local é excelente,
com ótimo atendimento;
Com gente do meu Ceará
Que lá pega no batente.
Um pessoal muito alegre,
E que nos deixa contente.

Nunca noite muito boa,
Passamos horas por lá.
Além do chopp excelente,
boa a comida do lugar:
Tem bolinho de bacalhau,
Só falta um mungunzá.

Tem pratos bem nordestinos.
Tem papo bom e gostoso,
Também muita gente fina
E até quem é famoso.
Mas o melhor de tudo isso:
Tem gente nova e idoso.

Tem gostosa caipirinha;
Feita com cana Salina.
Cana não é desdobrada;
Aquela cana assassina.
Uma cachaça tão gostosa
Feito beijo de menina.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA/CEARA – JANEIRO 2007

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 872 vezesFale com o autor