Usina de Letras
Usina de Letras
26 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->PRESIDENTES DO BRASIL 1ª PARTE DE DEODORO A WASHINGTON LUÍS -- 06/03/2008 - 08:15 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Foi em mil e oitocentos,
No ano de oitenta e nove,
república proclamada,
e imperador se demove,
Por um golpe militar.
Porém a poucos comove.

Um grupo de militares,
Liderado por Deodoro,
Que estava com dispnéia,
saiu de casa foi pro foro
proclamou a República;
voltou como um meteoro.

Mas assume a presidência
Assim que a saúde melhora.
Pra ser pelo exército
Também posto para fora.
E assumir o poder
Um seu assessor de outrora.

No ano de noventa e um
Floriano Peixoto assume.
Pelo povo admirado
Ricos tiveram ciúme.
Governou com mão de ferro
Causando grande azedume.

Deixou a vida pública
Admirado na Nação.
Foi embora para Alagoas
Voltou para seu sertão.
Não quis dar golpe de estado
Evitou uma confusão.

No século dezenove
No ano noventa e quatro,
Veio Prudente de Morais
Participar deste teatro,
De governar um país
E teve um governo atro.

Pois enfrentou resistência
De diversas facções,
Que queriam governo forte.
Acabou revoluções.
Seu governo voltou a ter
Com Portugal relações.

No ano de noventa e oito
Foi a vez de Campos Sales.
A economia não ia bem
Enfrentou bastantes males.
Afastou os militares
Da política. Não fales!

Rodrigues Alves primeiro
Que veio no século vinte.
Criou vacina obrigatória,
Considerada um acinte.
Gerou revolta no Rio
E conseqüência seguinte.

Neste governo tivemos
Grande ciclo da borracha.
Acre é incorporado.
Bolívia ganha bolacha,
Pois a estrada de ferro
Foi somente de facha.

Afonso Augusto M.Pena
Não terminou o mandato.
Defendeu cafeicultores.
Deu dinheiro sem contrato.
Criou as estradas de ferro
Adquiriu navios de fato.

Com o seu falecimento
Assume Nilo Peçanha.
Teve de Pinheiro Machado
Ódio mortal; grande sanha.
O trabalho feminino
No governo dele ganha.

Gerou uma grande crise
Entre São Paulo e Minas,
Conluio do Café-com-Leite
Acabou com suas rotinas,
Deu proteção para índio
E Rondon deu disciplinas.

Campanha eleitoral,
A primeira no Brasil,
Surgiu no governo dele.
Levou quem tinha fuzil,
E foi o Hermes Fonseca,
Marechal muito viril.

Construiu universidade
E também uma ferrovia.
Foi eleito senador
Cargo que não assumiria.
Mataram Pinheiro Machado
Quando diplomado seria.

Quando saiu da presidência
A Revolta do Forte apoiou
Ficou preso por seis meses.
E a política deixou.
Foi morar em Petrópolis
E ali ele se finou.

Wenceslau Brás P.Gomes
é próximo presidente
Que reinou até dezoito,
pegou uma coisa quente;
primeira guerra mundial
surgiu logo na sua frente.

Por São Paulo e por Minas.
Foi candidato lançado
Buscando conciliação
Café com Leite rachado
E também pra resolver
A Guerra do Contestado.

De novo Rodrigues Alves
Voltou a ser presidente,
Morto por gripe espanhola,
Assumiu outro dirigente.
Delfim Moreira da Costa,
Que deu pouco expediente.

Pois teve curto mandato,
E muitos problemas sociais.
Principalmente enfrentou
Diversas greves gerais,
Que por ele eram tratadas
Com problemas policiais.


Entregou à presidência
Para Epitácio Pessoa.
De quem passou a ser vice,
Pois achou ser uma boa.
Porque já naquele tempo
Vice também era à toa.

Que se elegeu presidente
Sem ter que sair da França.
Rui Barbosa concorrente
Novamente não avança
Criou uma rádio e ferrovia
Nos deu alguma pujança.

Presidente nordestino,
Natural da Paraíba,
enfrentou governadores
por isso quase arriba.
Construiu diversos açudes
De Pernambuco a Taíba.

O cargo de presidente
Passou a Artur Bernardes,
que usou o Estado de Sítio,
em combates bem covardes.
Com Revolução de Trinta
Vai a Portugal sem alardes.

Encerramos esta parte
Com o Washington Luís,
Júlio Prestes não assumiu,
Não porque ele não quis.
Houve uma revolução
Briga entre os dois Brasis.

Mas com Washington Luís
Brasil teve esperança.
Soltou presos políticos.
Mas houve grande lambança
Revolução o depôs
na ditadura nos lança.

Fim da República Velha
Início da era de Vargas
Começa uma ditadura
Com medidas bem amargas.
Tomadas por presidente
E por cambada de ilhargas.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA/MARÇO2008
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 965 vezesFale com o autor