Usina de Letras
Usina de Letras
22 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62484 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50871)
Humor (20083)
Infantil (5503)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->O HOMEM CRIOU O RELÓGIO -- 17/03/2008 - 11:08 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Na corrida da vida cotidiana.
Com a pressa que o mundo nos impõe,
O dinheiro a tudo se sobrepõe,
E só tem valor quem tem muita grana.
o quê torna a vida até tirana,
Dessa luta diária por centavo
Onde às vezes há trama, conchavo
Os segundos valem dinheiro. Ele,
O homem criou o relógio, e dele
Tornou-se um verdadeiro escravo.

Uma jóia que era pra ostentação
Hoje serve pra impor sua tirania;
Ser de nossas vidas eterno guia,
Que dá ritmo a toda nossa ação
Seu passar pode até dar aflição
E não nos permite mais ser ignavo
e até esquecer que temos cravo
nós dormimos até mesmo com ele
O homem criou o relógio, e dele
Tornou-se um verdadeiro escravo.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
MARÇO/2008

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 990 vezesFale com o autor