Usina de Letras
Usina de Letras
25 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->NO BRASIL, O PROBLEMA AGORA É VARA. -- 20/08/2008 - 19:08 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Os atletas brasileiros
Foram vítimas de vara
Nosso craque: o fenômeno
Pra traveco se declara.
Com Fabiana Murer houve
armação bastante clara.

Veja como vara pode
causar um grande estrago.
Num por não poder saltar
Noutro por pegar num bago.
Não sei se ele foi vítima
Ou buscava mesmo afago.

Nossa atleta perdeu o ouro
O Fenômeno o respeito.
Porém se foi enganado
Ainda é muito suspeito.
Porque aquele traveco:
Era bem feio o sujeito.

Mas se não fosse uma vara
Nossa atleta não competia.
Até nosso Fenômeno
Também ainda não existia.
Pois só depois que nasceram
É que a proveta surgia.

Tudo na vida depende
Sempre de uma boa vara.
Nossa Fabiana Murer
Perdeu a sua virou arara.
Mas vara é pra mulher,
Porém tem homem que encara.

É um instrumento útil:
No homem tem duas funções.
Serve para urinar
E perpetuar gerações.
Mas as mulheres reclamam
Que existem poucos varões.

Como estão indo as coisas
A vara vai sumir do mundo
Muitos homens preferem
Hoje usar o seu fundo.
E tem homem por aí
Que já anda até corcundo.

Por isso muitas mulheres
Vendo homens dar a bunda
Entre as pernas das outras
Se consola e se afunda.
E assim nosso planeta
Vai virando barafunda.

Resta aos homens, portanto,
Às suas varas dar valor.
Como as coisas estão indo
Isso vira um horror.
Você terá que chamar
Outro homem meu amor.

Eu não sou preconceituoso
Também não tenho homofobia.
Mas acho que isso tudo
Já virou uma grande folia.
Tem gente dando a bunda
E até disso faz homilia.

Na TV há incentivo
E no governo também.
Tem mãe que acha bonito
E tem pai que diz amém.
Nosso governo cria cotas
E para isso logo vem.

Tudo na vida resolve
Por intermédio de vara
Lá é onde o juiz
Com a lide se depara
Analisa seus processos
E a sentença declara.

Até campo de futebol
Há a presença de vara.
Seis para formarem traves
E também para caiçara.
As varas pra fazer trave
Tira-se numa enxara.

Ontem o Brasil de novo
No futebol levou vara.
A Argentina conseguiu
Que quebrássemos a cara.
E o povo brasileiro
Ficou feito babaquara.

A Corrupção, a Lei Seca,
Vara é outro problema.
Olhe que a justiça criou
o problema com algema.
Pra polícia veio agora
um outro grande dilema.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, AGOST0/2008
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 911 vezesFale com o autor