Usina de Letras
Usina de Letras
27 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->NO BRASIL TRATAM-NOS COMO BANDIDO. -- 01/09/2008 - 18:45 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Todos temos direito, obrigação.
As leis devem, por nós, ser respeitadas
E por todos ser elas acatadas.
No Brasil, porém, houve inversão
Dá a bandido nega ao cidadão.
Nós vivemos bastante e bem descrente
De política feia e indecente
Dela estamos muito arrependido.
No Brasil tratam-nos como bandido
e bandido se trata como gente.

Pois aqui o cidadão é malvisto
Prendem-no pela simples presunção
Pra bandido exigem condição.
Por qualquer coisa cassam o registro
Será que um dia vamos mudar isto?
Povo não pode ser tão subserviente
Exigir para ser independente.
Só assim será o povo remido.
No Brasil tratam-nos como bandido
e bandido se trata como gente.

Os bandidos também têm seus direitos.
Porém quem paga tem prerrogativas.
Mas preferem às coisas negativas.
O dinheiro tira todos defeitos
Não importam quais foram seus efeitos.
No estudo ainda sendo excelente
Assim mesmo não é o suficiente
Para ter o esforço reconhecido.
No Brasil tratam-nos como bandido
e bandido se trata como gente.

Neste mundo cheio de futilidades
Onde não há valor pra professores,
Matemático, só para os atores,
Os cantores e suas futilidades.
Não importa mais ter moralidade,
Mas dinheiro e ser muito influente.
e juízes se tornam coniventes.
Malfeitor cada vez mais atrevido.
No Brasil tratam-nos como bandido
e bandido se trata como gente.

Nas ruas nós não podemos mais andar
Casas com grandes, cercadas de arames.
Crimes muito violentos e infames
Um veículo não pode parar
Tem ladrão ou alguém pra multar.
Furto a toda hora é freqüente
O governo é bem ineficiente
Pra cobrar imposto é atrevido
No Brasil tratam-nos como bandido
e bandido se trata como gente.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
SETEMBRO/2008
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 880 vezesFale com o autor