Usina de Letras
Usina de Letras
55 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60371 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9717)

Erótico (13520)

Frases (48260)

Humor (19555)

Infantil (4831)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139379)

Redação (3119)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Devaneios -- 21/12/2000 - 08:56 (André Prado) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Vida que se afina

Acorde desafina

Um beijo na esquina

Esquina de quermesse

Se alguém tudo me desse

A madrugada pediria

Pois somente desta forma

É que tudo escurece

O calor que me aquece

O frio que estremece

Amor que atrofia

Eterna nostalgia

Quando a brisa se envaidece

A chuva umedece

Constantes desencontros

Satirizados em meus contos



Que nosso amor perdure

Em noites de tempestades

Como relâmpagos nas trevas

E montanhas em névoas

No alto de um mirante

Observando o horizonte

Com andar elegante

Bebo em sua fonte

No meio do campo

Perante uma rosa

Saboreio sozinho

Sua fruta gostosa



Quando nada faz sentido

Ofegante suspiro

Interminável martírio

Partindo em retiro

À luz do luar

Caminho a beira-mar

Esqueço da dor

Relembro do amor

O perfume das flores

Contornam as cores

Exalando no ar

O desejo de amar



No meio da noite

Com medo do açoite

Recebo carícias

Aprecio delícias

Corpos se aproximam

Timidamente se unem

Aos poucos se consomem

Uma mulher e um homem

Sexo com nexo

Côncavo e convexo

Selados e anexos

Unicamente completos



O dia clareia

A alma incendeia

Se as dúvidas persistem

Esqueço que existem

Na busca de equilíbrio

Perdido em delírios

Bêbado de paixão

Entrego o coração

Persiste a incerteza

Mas mantenho luz acesa

Em busca destemida

Prossigo com a vida



André Prado

www.webprado.cjb.net

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui