Usina de Letras
Usina de Letras
27 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->QUE SABER QUANTO CUSTA UMA SAUDADE? -- 09/12/2009 - 12:15 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Nossa vida é bem cheia de percalço.
Nunca vivemos sem ter um amor,
Pra dar à nossa vida mais sabor.
Muitas vezes damos passo em falso.
Da ventura estamos no seu encalço.
Ao seu amor sempre se faça presente.
Porque na vida de qualquer um ente
Do amor sempre temos necessidade.
Quer saber quanto custa uma saudade?
Tenha amor, queira bem e viva ausente!

A ausência da pessoa que a gente ama
Muitas vezes dá uma desilusão
Que aperta bem fundo do coração
Que nos queima feito uma grande chama
E o corpo inteiro logo reclama
E nos deixa até bastante doente
Por uma grande falta, iminente.
Se você não conhece esta verdade
Quer saber quanto custa uma saudade?
Tenha amor, queira bem e viva ausente!

Não importa o tipo de amor sentido:
Verdadeiro ou aquele passional
Se somente um belo amor fraternal.
Porém quando a tal flecha do cupido
Nos atinge ficamos aturdidos.
Quem amamos, queremos bem presente,
Pois sua falta quem ama logo sente,
Porque grande dor no seu peito invade.
Quer saber quanto custa uma saudade?
Tenha amor, queira bem e viva ausente!


GLOSA: HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

MOTE: POR DESCONHECIMENTO DEIXO DE PUBLICAR O AUTOR DO MOTE, QUE SE POR ACASO VENHA A LER ESTE CORDEL E QUEIRA QUE SEJA FEITA A REPARAÇÃO, FAVOR CONTATAR COMIGO PELO e-mail:henriquecesarp@gmail.com

FORTALEZA, DEZEMBRO/2009

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 755 vezesFale com o autor