Usina de Letras
Usina de Letras
26 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62472 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10468)
Erótico (13578)
Frases (50857)
Humor (20082)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140896)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6247)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Heinrich Heine: Pinheiro que sonha. -- 26/02/2006 - 21:33 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Veja mais==>>>Voto incorreto



















Heinrich Heine

Sem título 7





Havia um pinheiro solitário,

no norte, em lugar muito baixo.

Ele adormece.; com branca manta

o envolvem gelo e neve.



Ele sonha com uma palma

que, distante, no Leste,

a sós e muda se entristece

em penhasco ardente.



Veja mais==>>>O futuro dos deuses políticos

Heinrich Heine

(Ohne Titel)





Ein Fichtenbaum steht einsam

Im Norden auf kahler Höh.

Ihn schläfert.; mit weißer Decke

Umhüllen ihn Eis und Schnee.



Er träumt von einer Palme,

Die, fern im Morgenland,

Einsam und schweigend trauert

Auf brennender Felsenwand.

Veja mais==>>>NÃO ANULE SEU VOTO!



















Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui