Usina de Letras
Usina de Letras
25 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->CASO DO GOLEIRO BRUNO -- 17/11/2010 - 19:43 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Andava já esquecido,
O caso do goleiro Bruno,
De quem Alfred Hitchcock
Somente foi péssimo aluno.
Faço agora este cordel,
Porque é muito oportuno.

O goleiro do Flamengo
Poderia chegar à seleção
Mas agora vai jogar
É no time da prisão
Terá como companheiro
O seu amigo Macarrão.

E até perdeu contrato
Com o time de Milão.
Por uma pequena quantia
Uma mísera pensão.
Que a namorada pedia
Para o filho do garanhão

A namorada do Bruno
A jovem Eliza Samúdio
Sumiu da face da Terra
Causando grande repúdio.
Uma coisa tão hedionda
Acho que saiu dum estúdio.

Falam que a jovem foi morta
E o corpo dado aos cachorros.
Que antes foi à delegacia
Querendo encontrar socorro.
Mas pra não pagar pensão
Bruno buscou seu desforro.

Da jovem ninguém sabe
Qual foi o seu paradeiro.
Bruno diz está São Paulo
Ou viajou pro estrangeiro
Só o sumiço da moça
É um fato verdadeiro.

Mas segundos depoimentos
Das testemunhas do fato
Levaram moça pra Minas
E lá praticaram o ato.
Mataram a jovem mãe
Deixaram filho no orfanato.

Mulher do goleiro Bruno
Desse crime participou
Também uma outra amante
Polícia no caso citou.
O cara é um garanhão
Na prisão, alguém o enrabou?


HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, NOVEMBRO/2010
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 539 vezesFale com o autor