Usina de Letras
Usina de Letras
24 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62484 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50871)
Humor (20083)
Infantil (5503)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->É O QUE MARCA O CEARÁ II -- 14/02/2011 - 23:06 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Comer uma boa tapioca.
Ou mesmo um baião de dois:
Feijão junto com arroz
E uma gostosa paçoca
Com uma dose de Ipioca.
Pra aumentar o paladar,
E as orelhas esquentar.
Na noite de São João,
Um forró e um baião
É o que marca o Ceará!

Parte de nossa cultura:
Caldo de cana e pastel.
Esse doce como mel,
Como a nossa rapadura.
Outra nossa gostosura
Calçadão da Beira Mar
Olhando a tarde findar
Mulher de dar na canela.
A famosa siriguela.
É o que marca o Ceará!

Um bom jogo de baralho.
Noite fria de nossas serras
Também marca nossa Terra.
Famoso queijo de coalho,
Nunca feira de mangalho.
A brisa sempre a soprar
Jangadas em alto mar
A bela barra do Cauípe
Camarão no Mucuripe.
É o que marca o Ceará!

Uma lagosta ensopada.
Aqui não custa tão cara.
O sol em Jericoacara.
Comer uma bananada
Ou mesmo abacatada
Um romance de Alencar
O Cocó pra passear.
Anísio e seu humor
Sapoti com seu sabor
É o que marca o Ceará!

Usar o termo abestado
Patativa do Assaré
A beleza da mulher
Um sanfoneiro arretado
Sujeito desmantelado
Por do sol à beira mar
Um bom suco de cajá
Ou um jogo no PV
Uma buchada comer
É o que marca o Ceará!

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, FEVEREIRO/2011
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 476 vezesFale com o autor