Usina de Letras
Usina de Letras
66 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60342 )

Cartas ( 21288)

Contos (13385)

Cordel (10358)

Cronicas (22275)

Discursos (3191)

Ensaios - (9711)

Erótico (13520)

Frases (48221)

Humor (19544)

Infantil (4823)

Infanto Juvenil (4171)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139323)

Redação (3114)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5804)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Agosto -- 08/04/2006 - 14:33 (AROLDO A MEDEIROS) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Agosto



Cachorro mui louco, de berrar ficou rouco

Aposto, gosto de Agosto, mês do desgosto

Eu gosto do gostinho gostoso que tens

Vem, vem me beijar.; vem me amar como uma louca.



Sou teu gato, não lato, não mordo, nem bato

Batida só de limão, a vida é doce

Minha gata mia sem muxoxo, sem desdém

Sou um bicho, louco para agradar, meu neném.



Sofre o Pensador: sofre quem pensa na dor

Dor dolorida, a de um amor sofrido

Diria João Só, o da Menina da Ladeira:

Sobe e desce a ladeira mas não fique só.

Sozinho, pensando, subindo e descendo.



Mês de Agosto.; mês de Fevereiro é o oposto

Um.; calor infernal. No outro frio hibernal

Num, só carnaval, no outro, calor sensual.

Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 16Exibido 783 vezesFale com o autor