Usina de Letras
Usina de Letras
16 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140904)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->CASAMENTO NÃO É O FIM DA CRIANCICE. -- 14/06/2011 - 16:25 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Depois de criança vem a adolescência.
Uma fase difícil dessa vida.
Fase ousada e muito atrevida.
Não se aceita qualquer advertência
Com os pais não temos muita paciência.
Sonha-se sempre com a pessoa amada
As mulheres por nós são paqueradas
Que dos homens exploram sua burrice.
Casamento não é fim da criancice,
É, porém, o começo da criançada.

O sujeito trabalho igual jumento
Para dar a mulher casa, comida.
E aos filhos escola e boa guarida.
Grande é a sua luta por sustento.
As cobranças são outro tormento
Que recebe daquela pessoa amada
Se a pessoa não for bem preparada
Pra aceitar essa sua grande tolice.
Casamento não é fim da criancice,
É, porém, o começo da criançada.

Entretanto, se vem primeiro filho
Fica-se muito alegre, bem feliz
Que às vezes se torna chamariz
Para que outro venha nos dar brilho
E não se torna pra nós empecilho.
Mesmo se a criança for danada
Nós curtimos as suas boas presepadas;
Nos fazem esquecer nossa burrice
Casamento não é fim da criancice,
É, porém, o começo da criançada.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, JUNHO/2011
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 476 vezesFale com o autor