Usina de Letras
Usina de Letras
17 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62410 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22546)

Discursos (3240)

Ensaios - (10450)

Erótico (13578)

Frases (50803)

Humor (20074)

Infantil (5487)

Infanto Juvenil (4811)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1377)

Poesias (140872)

Redação (3320)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6235)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->Nanda revela seu sonho a frei Dimão -- 12/07/2011 - 15:48 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


A festa do padroeiro

Com toda animação

Continuou o dia inteiro

Com toda a população.



Primeiro a parte religiosa.

Frei Dimão não se descuida

Com oração bem ardorosa

Da alma dos fiéis ele cuida.



Mais tarde a pequena aldeia

Fica em maior movimento

De turistas fica cheia

Atraídos pelo evento.



A fama já corre longe

Do forró bem arretado

Na festa daquele monge

Que abençoa o povoado.



Uns chegam a cavalo

Outros vem a pé mesmo

Pois bom será o regalo

Ninguém vem assim a esmo.



Toda a praça está enfeitada

Tem barracas pra todo lado

A cidade engalanada

Terá um dia agitado.



Muita comida e bebida

O clima é só de alegria

Todos fazem acolhida

Na praça da abadia.



E quando chega a noite

O salão paroquial

Faz às vezes de boite

Num insight genial.



Frank Aguiar e seu conjunto

Vai ser um show de forró

Todo mundo ali bem junto

Pois ninguém quer ficar só.



Ele canta “Aqui Agora”

Depois vem “O Calorão”

“Onde o Sonho Mora”

E “Amanhecer no Sertão”



A dança fica tão boa

Que até o Frei Dimão

Pelo gingado se afeiçoa

E entra na agitação.



Os namorados de portão

Fãs daquele forrozeiro

Também correm pro salão

Vão dançar o tempo inteiro.



E assim chegou ao fim

A festa do padroeiro

Cheio de abraços e festim

E com as bênçãos do milagreiro.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 9Exibido 493 vezesFale com o autor