Usina de Letras
Usina de Letras
25 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->FIESTA NÃO CIVIC NA SIENA POLÍTICA DE BRASÍLIA -- 02/01/2012 - 22:21 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos



Sempre em grande Fiesta

Vivem os nossos políticos

E o povo é quem se Ford

Sustentando paralíticos.

De onde exala mau cheiro.

Aquele cheiro mefítico.



Sempre muito Sorientos.

Em uma grande Elegance.

Sugam todo nosso suor.

Da lei? Fora de alcance.

Se flagrados fazem Siena

E partem para outro lance.



Povo fica muito Punto

Logus esquecem, contudo.

De Blazer bando de Elantra

Tem um negócio polpudo.

Com seu rolo Kompressor

Passa por cima de tudo



Agile como um felino

Leva tudo quanto pode.

Numa D dez ou D vinte.

Povo ainda toma a pagode.

Rápido, Brasil Accord,

Senão isso ainda explode.



Bora logo minha gente

Não fique apenas Brava.

Não Calais pra não ficar

Sempre feito uma escrava.

Clarus que um ato Civic,

Essa roubalheira trava.



Espero que se diminua

Mais essa imensa Evasion;

Se Explorer menos o povo.

E se estampe em Néon

Quem rouba nosso dinheiro,

Pra beber um bom Bourbon.



Kadett nossa justiça?

Pode sobrar Parati,

Não agindo com firmeza,

Descascar abacaxi.

E o povo se revoltar

Deixando de ser zumbi.



Não vai só Ranger os dentes

Vendo o Puma lhe comer.

Pois está mudando o Stilo

E um dia vai aprender.

Porque na Strada da vida

Nem sempre se há de perder.



HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, JANEIRO DE 2012.



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 475 vezesFale com o autor