Usina de Letras
Usina de Letras
72 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60346 )

Cartas ( 21288)

Contos (13386)

Cordel (10358)

Cronicas (22276)

Discursos (3193)

Ensaios - (9712)

Erótico (13520)

Frases (48231)

Humor (19546)

Infantil (4824)

Infanto Juvenil (4173)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139334)

Redação (3115)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5808)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->NÁUFRAGO -- 15/07/2006 - 11:51 (Alaor Tristante Júnior) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Um sonho findo

um sonho vindo

não sei se rio

ou se é um córrego

vai recobrindo

estes meus olhos



pondo-me cego

quase sem lágrimas

tonto me entrego

refém das águas

cada suspiro

cada braçada

não sei se rio

ou se é um córrego

vai recobrindo

estes meus olhos



serão meus risos

ou minhas mágoas

nas correntezas

do impossível

ou na certeza

das gargalhadas



um sonho findo

um sonho vindo

não sei se rio

ou se é um córrego

vai recobrindo

estes meus olhos.



Alaor Tristante Júnior

alaorpoeta@ig.com.br

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui