Usina de Letras
Usina de Letras
23 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->SOU DO TEMPO QUE CACHOEIRA ERA APENAS UMA QUEDA DÁGUA -- 28/04/2012 - 19:36 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
No nosso grande Brasil,
No tempo dos generais,
Leis respeitavam-se mais,
Hoje a corrupção a mil
Fez do País um covil,
E bandido aqui deságua.
O seu dinheiro enxágua,
De toda e qualquer maneira.
Sou do tempo que Cachoeira
Era apenas uma queda d’água.

Hoje corrupto é rei.
Prefeito e vereador,
Deputado, senador
Elegê-los é a lei,
Que vigora nessa grei.
E o país sofre sua fágua.
Numa furada pirágua.
E nunca fecha a torneira
Sou do tempo que Cachoeira
Era apenas uma queda d’água.



HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA-ABRIL/2012
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 459 vezesFale com o autor