Usina de Letras
Usina de Letras
74 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60373 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9718)

Erótico (13520)

Frases (48265)

Humor (19557)

Infantil (4831)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139381)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Busca -- 09/01/2001 - 13:11 (Ana / @then@) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Uma lágrima brota no canto dos olhos.

Rola faceira pela face rosada e fria.

Um suspiro profundo esvai-se o coração

enquanto os olhos sem expressão

buscam na imensidão do pensamento

o semblante daquele que um dia amou.

Na ausência deste que já se foi

busca outrém que possa preencher o vazio da alma.

Mãos trêmulas tocam os cabelos

tentando substituir outro alguém que possa acariciá-los

enquanto a busca incansável do semblante torna-se vaga

Alguém que se deixe encantar

é tudo o que se busca esse coração impaciente.

Alguém que se entregue ao carinho

é tudo o que se busca esses braços estendidos.

Alguém que se deixe seduzir

e tudo o que se busca esse corpo adormecido.

E, por breves instantes, a esperança

invade novamente todo meu ser

e um brilho relâmpago nos olhos

acende novamente a chama que se extingue.

Enquanto isso o cansaço entorpece meus sentidos

e os sonhos preenchem os espaços ocupados

por delírios de quem simplesmente

busca alguém que se deixe amar!

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui