Usina de Letras
Usina de Letras
24 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140904)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->TENHO SETENTA E QUATRO ANOS E ESTOU MUITO CANSADO -- 15/05/2013 - 18:30 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
O cordel que agora segue
Foi baseado em artigo
Que me remeteu um amigo
Bill Crosby nele consegue
Mostrar que nos fazem jegue.
Pois com bonito leriado
Fazem nos tornar culpados
Por todos os desenganos
Tenho setenta e quatro anos
E estou muito cansado.

Comecei adolescente
A trabalhar muito duro
Já pensando no futuro
Cinquenta horas no batente
Por semana o expediente.
Com um salário chorado.
E nunca andei chapado
Como um degenerado
Para viver só de afanos.
Tenho setenta e quatro anos
E estou muito cansado.

Cansado de ouvir dizer
Pra distribuir riqueza;
Pra quem vive na moleza;
Só quer vida boa e lazer;
E do meu dinheiro ser
Por vagabundos roubado.
Que por mim são sustentados
De atentados muçulmanos.
Tenho setenta e quatro anos
E estou muito cansado.

Que devo ser tolerante
Para com outras culturas.
Contudo essas frescuras,
Vem de gente intolerante,
Que não passa de farsante.
Para se amparar drogados,
Porém são esses desgraçados
Que nos causam muitos danos.
Tenho setenta e quatro anos
E estou muito cansado.

Guerras são alimentadas
Por crenças intolerantes
E também beligerantes.
As religiões são usadas,
E as crianças estupradas
Até dentro do bispado.
Isso não foi no passado,
No império otomano
Tenho setenta e quatro anos
E estou muito cansado.


HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, MAIO/2013

ESTE CORDEL FOI INSPIRADO NUM ARTIGO DE BILL CROSBY, NO QUAL ELE FALAVA DE ESTAR CANSADO COM MUITAS COISAS DA VIDA, QUE QUEREM QUE ACEITEMOS COMO VERDADE OU COMO BANDEIRA A SE DEFENDER.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 376 vezesFale com o autor