Usina de Letras
Usina de Letras
22 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->MEU PASSADO MAIOR, QUE O FUTURO -- 25/06/2013 - 21:21 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
O passado não volta jamais.
Não vivi bastante, suficiente.
E quero viver mais, ir em frente.
A vida sempre é boa demais.
Reflexo do que ficou pra trás.
Pensar na partida é bem duro,
Pois se dá um salto no escuro.
Por isso só importa o presente,
Que algum dia estará ausente.
Meu passado maior, que o futuro.

Ninguém quer ir embora daqui.
Isso porém é inevitável.
Mesmo que sujeito seja amável.
Chegará o seu dia de partir.
Não terá como deixar de ir.
Tem sujeito que até faz seguro,
Para família não ter apuro.
Às vezes vamos sem estar doente.
Outros muitos novos, bem recente.
Meu passado maior, que o futuro.

Aqui a vida um dia se encerra.
Nada muda, tudo segue em frente.
Choram, mas ninguém vai com a gente.
Nem com a morte a vida emperra.
Depois que for coberto com terra,
Teu epitáfio não dirá: foi impuro.
Ou que tenha sido dedo duro.
Em lápides só tem elogios.
Pra quem teve passado sombrio.
Meu passado maior, que o futuro.

Você não foi parte da história.
Logo será mesmo esquecido.
Mesmo antes do corpo ser comido.
Político tem dedicatória.
Não importa se foi uma escória.
E de passado não muito puro.
Até pra quem cometeu perjuro,
Há um tratamento de herói.
A esperança do povo se destrói.
Meu passado maior, que o futuro.

FORTALEZA, JUNHO/2013
MOTE: PÉRICLES MAIA DE FIGUEIREDO
GLOSA: HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 368 vezesFale com o autor