Usina de Letras
Usina de Letras
22 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140904)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->DE QUIXERAMOBIM PARA A PAPUDA -- 19/11/2013 - 11:53 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Saiu de Quixeramobim
Para ser um guerrilheiro
Porém assim que foi preso
Entregou os companheiros.
E hoje se encontra preso
Porque é um quadrilheiro.

Braço erguido quadro preso
Dando viva ao PT.
Na verdade dizia ao povo
Para ele ir se foder.
Porque para comunista
Só importa o poder.

Toda aquela arrogância
Deu uma queda de pressão.
E o sujeito pediu arrego
Pra relaxar sua prisão.
Quer ficar em domicílio
Como qualquer cidadão.

Se o sujeito ficar preso
Ainda que só por um dia
Para todo comunista
Que combate a mais valia
Nos da grande esperança
E nos enche de alegria.

Para Roberto Jeferson
Nossa imensa gratidão.
Mesmo sendo condenado
Também por corrupção
Ele foi fundamental
Pra acabar com mensalão.

Já prenderam dois cabeças
Falta somente o molusco,
Talvez não vá pra cadeia.
Mas como está lusco-fusco,
Carcomido por sua doença.
Pode ter um fim mais brusco.

Acabando com maldição
Que assola nosso país.
Por conta desse petismo
Que não queremos mais bis.
Pois catástrofe como esse
Nem mesmo a Rússia quis.

Pra que sirva de lição
E de prisão a papuda
Pra acolher quadrilheiro
Toda essa gente barbuda
Que quis deixar a Nação
Bem calada, toda muda.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, NOVEMBRO/2013
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 294 vezesFale com o autor