Usina de Letras
Usina de Letras
22 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140904)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->POLICIAL MILITAR NO CEARÁ PASSA O TEMPO AO CELULAR -- 03/04/2014 - 09:11 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
A Polícia Militar
Pôs todo seu esquadrão
Para proteger cidadão,
Aqui no nosso Ceará.
Porém com o celular
É que estão preocupados
Os nossos queridos soldados.

Onde há uma guarnição,
Todos os seus integrantes
Nunca olham pra os passantes.
Pois preocupados estão
Com a comunicação,
Dessas redes sociais.
E o povo toma no ás.

Ao nosso governador
E a outras autoridades,
Para o bem da verdade,
Vou fazer grande favor.
Pois sofremos um horror.
Com falta de proteção
E prestem bem atenção

Estão chegando eleições.
Vocês podem ter um baque
E essa polícia de araque
Faça-os trocar de patrões.
Tirem as suas conclusões:
Com o povo não se brinca:
Se caiu o império Inca,

Até o império Romano
Pode cair também Cid
Mouros mataram El Cid
Caiu império Otomano.
E pra no perder o sono
Tratem de conquistar povo
Para se eleger de novo.

Nas ruas quem manda é ladrão,
Assassino e traficante
Nossos soldados distantes
Ficam só na falação
Sem qualquer preocupação
Com a nossa segurança.
Por isso fazem lambança,

Parece que na Polícia
Não existe um comando.
Por isso este desmando.
No Rio criaram-se milícias.
Pela falta de perícia
De autoridade local.
Aqui vai ficar igual.

Se não se tomar cuidado,
E não tirar celular
Do policial militar,
E povo sendo assaltado
Com policial do lado.
Vivendo um desassossego
Procurem novo emprego.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZE,ABRIL DE 2014.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 291 vezesFale com o autor