Usina de Letras
Usina de Letras
28 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62477 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50864)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->À PROCURA DE SENTIDO PRA VIDA -- 07/02/2015 - 08:56 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
As mulheres, hoje em dia,
Parte dos homens também
Vivem somente pra dar
Satisfação pra alguém.
Temos sempre que ostentar
O corpo e o que se tem.

Não importa como viva
Sempre vão lhe criticar.
Se a mulher estiver gorda;
Acabou de engravidar.
Entretanto, se for magra,
Doente talvez deva estar.

Já o homem sempre deve
Ter um corpo bem sarado.
Mas se isto acontecer
Vão chamá-lo de bombado.
Vestir bem é ser metido;
Vestir mal é desleixado.

Quem fala sempre o que pensa
É tachado de arrogante.
Quem chora é pra dá pena.
Podem chamá-lo farsante,
Se tiver muitos amigos;
Poucos! Não participante.

Ou mesmo antissocial.
Vão chamá-lo de malcriado
Se você se defender.
Se não, fraco ou abestado.
Não se pode fazer nada.
Pois tudo é criticado.

Mas a maior preocupação,
Que tem nossa sociedade,
Dar satisfação aos outros
E mostrar felicidade.
Quem está num restaurante
Pra mostrar que é verdade

Bate uma foto do prato.
No facebook é postada.
Pra se sentir importante,
Mostrar que é entrosada.
E aja mandar por WhatsApp
Pra deleite da negrada.

Tal de selfie inventaram:
O sucesso do momento.
Para melhorar tal selfie
Um pau é um novo invento.
De tudo se bate foto
Até mesmo de excremento.

A sociedade procura
Por falsa felicidade.
Aquele que está feliz
Não vê a necessidade
De mostrar para os outros
Tamanha futilidade.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, FEVEREIRO/2015
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 285 vezesFale com o autor