Usina de Letras
Usina de Letras
65 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59666 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10320)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9537)

Erótico (13486)

Frases (47215)

Humor (19420)

Infantil (4626)

Infanto Juvenil (3939)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138778)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5658)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->NeruMaia -- 15/01/2007 - 04:40 (ALZENIR M. A. RABELO MENDES) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
NeruMaia



Um Poeta

Um Trovador

Um Poema

Um Cantador



Um Canto de Mundo

Um Grande Amor.

“Poeta” ... “carteiro”

Nerumaia pegureiro

De metáfora em metáfora

Desvela a Parte

Desvenda o Inteiro.



Poeta, carteiro, trovador

Não durma, não vá embora!

Cante o poema encante o mundo

Declame o verso alentador!

Há um canto, há o mundo inteiro...

Em cada canto ...!?

Falta o poema

Que você não cantou.

* * *

Ao meu amigo poeta que se foi sem conseguir se despedir (?) de mim.

Na manhã anterior ao dia fatal, na manhã e na tarde do dia seguinte, do dia em que ele se foi, deixou recados, não os recebi.; nem as mensagens na secretária eletrônica do celular da minha irmã: “Sãozinha, diga a Alzenir que eu preciso muito falar com ela...”

Duas vezes a mensagem. Nenhuma me foi dada antes da hora ...

E eu que, uma semana antes, havia lhe dito que se fosse preciso cuidaria dele até a hora da morte ...

viajei ...

Queria tanto apresentar aquele trabalho sobre as Manifestações Literárias de Xapuri do início do século XX, na ABRALIC, naquele evento...

"Vai você é uma cobrinha a mais!" Foram suas últimas palavras.

Quando voltei, ele já havia ido... para sempre...

Ficaram ... sentimentos indescritíveis...

Eu sempre esquecia que havia um período de tempo real (?), vivido por ele, que o colocava numa situação privilegiada frente à minha imaturidade teimosa.

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui