Usina de Letras
Usina de Letras
66 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60373 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9718)

Erótico (13520)

Frases (48265)

Humor (19557)

Infantil (4831)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139381)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Sonho inacabado -- 20/01/2001 - 20:06 (Ana / @then@) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Saudade ingrata

a invadir meu peito,

a mexer no que outrora

estava adormecido!

Bastou ouvir sua voz ...

o brilho em meu olhos

dissiparam-se como brumas!

Como dói sua ausência.

Busco na multidão um rosto

que possa assemelhar-se ao seu.

Como?

Não conheço seu sorriso,

seu olhar,

tão pouco gestos seus.

No entanto sua voz preenche meu ser.

Não ouví-la tem me deixado num vazio profundo.

Procuro esquecê-lo.

Tento, me esforço, luto por isso.

Mas falta determinação ao meu coração.

Enquanto essa dor sufoca minha razão

entrego meus pensamentos novamente a ti,

e no silêncio da noite que cai

lágrimas surgem em meus olhos.

Me dou conta, então, da loucura de chorar.

Chorar por alguém que mesmo sem se mostrar

me fez acreditar e buscar um sonho.

Sonho este vivido pela metade,

pois a outra metade reside em você,

que hoje não passa de dolente paixão.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui