Usina de Letras
Usina de Letras
41 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60374 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9719)

Erótico (13520)

Frases (48266)

Humor (19559)

Infantil (4832)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139383)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->MULHERES ENLOUQUECIDAS -- 27/04/2004 - 00:45 (Adriane) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Para cada pessoa no mundo, lhe é destinada alguém que cruzará sua vida em um momento inimaginável. Cada uma possui seu destino escrito em vibrantes palavras encaixadas em frases que não se apagam. Ninguém conhece essa lenda, não sabem como decifrar o enigma do amor... Mas ele permanece escrito na história de quem vive buscando encontrar alguém para ser feliz enquanto seus dias durarem. É como se tudo funcionasse em um jogo e para alcançar sua meta, basta seguir o caminho sem errar ou violar as regras. Não há tempo determinado para o jogo acabar, pois cabe a cada jogador decifrar esse tempo e no decorrer dele, buscar as pistas para ser o vencedor.
Nosso jogo baseia-se no cotidiano das mulheres de todo o mundo. Aquelas que quando ganham uma oportunidade, sabem aproveitá-la muito bem sem temores ou dúvidas, pensando somente em vivenciar cada minuto; são boas concorrentes. Já aquelas que em seus corações, predomina o medo de sofrer desilusões ou mesmo, acham que são extremamente inferiores principalmente por suas características físicas; podem se considerar perdedoras logo no começo da disputa. Há também aquelas jogadoras que ficam em cima do muro. São desconfiadas, confusas, indecisas e muitas vezes demoram a perceber o que estão sentindo. Na verdade sentem algo, mas mentem para si mesmos e isso as prejudica intensamente no jogo. São poucas destas que conseguem dar a volta por cima e permanecerem fortes e invencíveis.
As jogadoras são mulheres comuns que estudam ou trabalham e passam por situações boas ou ruins. Seguem sua vida passando por experiências diferentes como qualquer cidadã deste mundo. Os pontos são acumulados conforme as reações delas em relação àquelas pessoas que lhes aparecem na vida. Tudo é analisado conforme a intensidade de cada momento vivido, os gestos, os olhares, as palavras... Mas este é o jogo da vida real. Lembre-se que você mesma é recrutada para dentro deste jogo.
Logo que uma pessoa se apaixona, sua personalidade é modificada por sentimentos que invadem o coração de quem o cupido flechou. As mudanças de quem vive no encantamento da paixão, não são sentidas somente por elas, pois é perceptível a olhos de indivíduos que permanecem em sua convivência. Esses atos das mocinhas apaixonadas são friamente analisados pelas personagens que regulamentam o jogo.
Algumas delas, por já terem vivido uma desilusão amorosa, possuem medo e por isso preferem não arriscar. Ficam sentadas em suas respectivas poltronas esperando os dias, os meses e os anos passarem achando que ganharão no trigésimo aniversário, um presente dos céus que inesperadamente, aparecerá em suas vidas: o homem traçado em seu destino. Passam o longo tempo lendo horóscopos e revistinhas que ensinam a conquistar o garotinho. Quando algum sujeito demonstra interesse em um possível relacionamento, é como se nossas personagens avistassem de longe uma nojenta e tenebrosa barata. Ohhhhhh...E fogem delas, enlouquecidas e endiabradas como se este ser enlouquecido avançasse sobre seus corpos e penetrasse em seus bens cuidados cabelos. E assim como já não possuem nenhum homem para dar conta daquele ser nojento, elas mesmas são obrigadas a buscar a presa e nessa perseguição interminável, depois de ardente suor e intenso cansaço, finalmente pisam na barata e a matam! É o que fazem com todos os homens: pisam neles e os afugentam.
Mas lembrando das meninas ousadas e corajosas, conto, a partir de agora, o oposto da história acima inspirada nas medrosinhas de plantão. Falo agora de dois tipos de meninas: aquelas que correm atrás do amado sem deixar vestígios que comprovem um possível sentimento e aquelas garotas vulgares que vivem na sombra dos mais bonitinhos da cidade, ou seja, as mais conhecidas como "galinhas".
As primeiras mulheres descritas são extremamente observadoras, pacientes, esforçadas e principalmente persistentes em seus objetivos. Não são de ficar quietinhas nos seus cantos, choramingando, esperando iniciativas, nem mesmo são medrosas com medo de viverem uma grande paixão. Para falar a verdade, essas meninas só pensam em arriscar suas vidas para poder ficar com aquele menino que tanto estão "a fim", já que gostar para elas é muito difícil...Não se apaixonam fácil, pois são do tipo que analisam muito bem as qualidades e os defeitos do homem. Ainda assim, não são consideradas galinhas, pois estas não demonstram vulgaridade já que sabem conquistar um garoto de outras formas não necessariamente "dando em cima", como certas meninas já experientes vivem fazendo. Elas cativam um garoto de um jeito diferente que realmente acabam os deixando apaixonados. É como se fizessem uma mágica, pois logo ao estalar dos dedos, já os tem aos seus pés. Mas o pior de tudo é que nossos investigadores não conseguiram apurar os segredos escondidos por elas para tal performance avantajada. E é justamente por isso, que você, caro leitor, nunca obterá o mesmo sucesso no amor do que estas mulheres. Sinto muitíssimo em informar, mas é a pura e mais dura realidade.
As safadinhas são as próximas do desfile e vão chegando achando-se "as minas". Andam pelas ruas, praticamente nuas como se fossem índias que só cobrem as partes mais íntimas, o que não significa que elas não queiram mostrá-las ou executá-las, mas isto é um mero detalhe indiferente para meu relato. Elas são fãs número um da Darlene, ou melhor, da própria Débora Secco, e se vestem igualmente a ela, com o objetivo de enfeitiçar os homens. Não precisam andar em bando para serem reconhecidas, pois só de olhar para uma delas, já se percebe qual o tipo de mulher que são. Possuem vários homens aos seus pés, mas dificilmente conseguem manter um namoro ou mesmo se casar, pois um incêndio de sacanagem as domina por dentro e nada as impede de evitar a traição. Alvoroçadas e esfomeadas, correm desesperadamente em uma maratona sem fim em busca dos homens que desejam sendo que nenhum deles fica fora das numerosas listas que as próprias colecionam. O perigo está por chegar...Por isso, tranque as portas e janelas, pois a qualquer momento elas podem entrar em ação. Cuidado, seu namorado ou marido pode ser a próxima vítima desta incansável atormentação.
Estes são alguns estilos das mulheres de todo o mundo, mas obviamente há certos estilos que não definirei e, portanto, cabe a você, pesquisar. Já imaginou o que são todas nós juntas procurando suas respectivas almas gêmeas? Um caos abominável! Nós mulheres, não enxergamos obstáculos, não medimos limites, somos consumistas compulsivas! Neste jogo, a disputa não cerra...As mulheres permanecem incansáveis na busca de um homem que pelo menos sirva para alguma coisa, afinal hoje em dia, já não se encontra homem nenhum que deixe de ser educado pela mulher. Portanto homens, cuidado : nós, mulheres, estamos em ação!


dridrigs@hotmail.com


Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui