Usina de Letras
Usina de Letras
20 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62480 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50867)
Humor (20083)
Infantil (5501)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->A minha querida mamãe -- 03/08/2001 - 12:43 (Armando A. Barraca) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Olá mamae,
escrevo-lhe essa carta com sangue de barata,
me lembro muito bem da sua chibata
mas não esqueço, também
da sua cara de vaca.

Com um coração desenhado
no membro tarado
me consifdero cabra arretado
tanto sou que agüento pau no cú calado
você me bateu o dia inteiro
meu lombo ta igual pele de pandeiro.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui