Usina de Letras
Usina de Letras
27 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->QUEM MORRE NO SÍRIO LIBANÊS VIRA SANTO NO SUS INDIGENTE -- 06/02/2017 - 20:35 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Quem morre na fila do SUS
Não é ovacionado;
Mas no Sírio Libanês,
Mesmo com dinheiro roubado,
Para transformar em santo
Só falta ser consagrado.

Depois que a pessoa morre
Esquecem o seu papel,
Ainda que para o povo
Tenha sido infiel,
E dele se aproveitado;
Sua grana torrou a granel

Com jantares, cabeleireiros,
Bem distantes de Brasília.
De onde roubou peças de arte
Escondidas em mobília,
Levadas em vários veículos
Como acervo da família.

Senadores, deputados,
Governadores, presidente
Políticos de todos credos
Homenageiam o indecente
Do marido da defunta,
Que explora o incidente,

Culpando um nobre juiz
Pela morte da impostora.
Querendo-a fazer de mártir
E uma grande sofredora.
Como se fosse injustiça
Investigar a pecadora.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, FEVEREIRO/2017
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 222 vezesFale com o autor