Usina de Letras
Usina de Letras
24 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62484 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50871)
Humor (20083)
Infantil (5503)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->MUNDO NÃO POUPA, O TEMPO COBRA CARO -- 05/09/2017 - 20:43 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Aqui o tempo é bastante curto.
Nossas chances são poucas e bem raras
E devemos agir sempre às claras
Para o tempo não ir mesmo num surto
Ou até ser perdido em um furto.
Deixando-nos aqui como indigentes
A sofrer como pobres penitentes
E dos céus anseiam por um amparo
Mundo não poupa, o tempo cobra caro;
Não perdoa juros, não dá prazo à gente.

Transferimos aos outros os problemas
Que são nossos e que não resolvemos
Nossas culpas nós sempre transferimos
Para que se resolvam os dilemas
Apelamos pra uma corte suprema
Somos pois seres bem incompetentes
Pra gerir este bem muito imponente
E dos outros queremos anteparo.
Mundo não poupa, o tempo cobra caro;
Não perdoa juros, não dá prazo à gente.

Deve a vida então ser bem vivida
Dela se tirar tudo que é belo
Pois com ela é rápido esse elo.
Recebemos passagem já de ida.
Qualquer hora é hora da subida.
Porque se vive numa descedente
Pode-se morrer novo ou decandente
Mesmo quando se busca ter reparo
Mundo não poupa, o tempo cobra caro;
Não perdoa juros, não dá prazo à gente.


HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, SETEMBRO/2017
MOTE CRIADO A PARTIR DA MÚSICA METAMORFOSE DE VICENTE NERI.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 260 vezesFale com o autor