Usina de Letras
Usina de Letras
87 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59659 )

Cartas ( 21254)

Contos (13324)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47208)

Humor (19419)

Infantil (4619)

Infanto Juvenil (3936)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138766)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->CONTINUE A NADAR (DORY) -- 23/10/2007 - 19:36 (ALEXANDRA APARECIDA JAHNEL PASCOAL) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Que voamos nas asas do vento;

tão longe e tão alto, a brisa há de nos levar;

não há distância, não há espaço, não há tempo;

chegamos e logo partimos, não há como ficar.



Que na medida de um instante do eterno

surgimos, aprendemos, ensinamos e evoluímos, somos ar;

como bicho de verão em pleno inverno,

continue a voar.



Que de brisa, vento, ventania, tempestade;

que nossa trilha haveremos de cumprir,

nada suplanta competência e dignidade,

como és, continue a existir.



Como lágrima que insiste, em nossos olhos, no canto,

mostra que a saudades já está a nos marcar

que mesmo em outro lugar, de nossos corações, terá o acalanto,

te fartando de energia, continue a brilhar.



Da medida certa de uma gota, ou no grande mar;

não és grão de areia, és uma praia ao luar,

de tua grandeza nunca esqueça e nela jamais deixe de acreditar

jamais esmoreça, continue a nadar.





XANTRA LENHAJ

14.02.2007



Dedicada a: Silvia “Dory”



Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui