Usina de Letras
Usina de Letras
56 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60374 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9719)

Erótico (13520)

Frases (48266)

Humor (19559)

Infantil (4832)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139383)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
cronicas-->Aprendi a amar... -- 21/12/2004 - 00:45 (Adriane) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Aprendi a amar


Os ventos te arrastaram para longe...Arrancaram do meu coração a última esperança que restava...Foi tudo tão repentino...tão surpreendente...

Por muito tempo te amei tanto que quase esqueci meu nome. E desejei mais do que nunca que você também me amasse, o que estava bem longe de acontecer. Talvez fosse muito, mas desejei com todas as minhas forças esta realidade impossível. Você deve ter se assustado quando descobriu o que eu sentia por você e deve ter sido isso que o fez fugir de mim sem pensar nas trágicas consequências que me atingiriam. Foi quando eu tentei te resgatar, mas era tarde demais.Errei ao te revelar o segredo que se escondia no meu arrebatado coração.
Não te esqueci, mas consegui levar minha vida sem as cores da sua presença. Acabei conhecendo outras pessoas, mas ninguém fez meu coração pulsar mais forte. Será que eu era incapaz de amar outra pessoa que não fosse você? Procurei por alguém que te substituísse para que eu pudesse te esquecer de uma vez por todas. Mas nos meus pensamentos eu te levava como o verdadeiro homem perfeito, inatingível e extremamente almejado. Somente quando eu abrisse os olhos para enxergar o que realmente havia por trás da sua máscara, eu poderia deixar de te amar, ou seja, a solução seria deixar de te vangloriar, de ser sua submetida. Contudo, isso não aconteceu... Por muito tempo, tive em mente que cedo ou tarde você retornaria para me fazer feliz porque tínhamos sido feitos um para o outro. Então, prometi esperar o tempo que fosse pelo seu retorno. Esperaria a vida toda se preciso.
Foi uma notícia. Simples palavras que destruíram em pedaços minha querida ilusão. Um casamento. Você estava perdidamente apaixonado por uma garota com quem namorava. Até mesmo com seu namoro, ainda admitia para eu mesma, que você iria perceber que nunca seria feliz com ela, mas um casamento mudou tudo porque sempre soube da pessoa consciente que você sempre foi ao tomar uma decisão. Foi quando vi seu olhar.Eram olhos de ressaca como diz Machado de Assis, olhos que prendiam, que puxavam...Foi isso que vi quando te observei olhar para a futura esposa. E quando sorriu para ela, foi como se sua boca a chamasse para viverem juntos e felizes para sempre. Realmente, confessei: os dois eram as verdadeiras almas-gêmeas que o destino uniu.
Foi quando finalmente eu abri os olhos para a realidade e percebi que você nunca seria meu por motivos óbvios e indiscutíveis. Na verdade, não te perdi porque realmente eu nunca te tive de verdade. Você partiu porque não estava traçado no meu destino e o que eu sempre desejei foi a sua felicidade. E se esta se encontrasse com você longe de mim era o que deveria acontecer. Entendi que a pessoa ideal, mas não perfeita, existia em algum lugar do mundo e no tempo certo, o destino iria trabalhar para que nos encontrássemos.
Hoje não sei onde você está nem como anda a sua vida. Só sei que isso não mais me preocupa. E como é bom me ver livre disso! Saiba que te amei, mas não te amo mais porque aprendi a amar.
Conheci uma pessoa que hoje posso dizer que amo e que me completa. O amor que sinto por ele é diferente e incomparável com o que eu sentia por você. É um amor maduro, paciente, verdadeiro e mútuo...
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui