Usina de Letras
Usina de Letras
23 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140904)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->NESTA PANDEMIA VASCO NÃO PERDE. MENGO NÃO GANHA -- 01/05/2020 - 06:47 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Preso nessa quarentena

Sem poder sair de casa

Não pondo carne na brasa

Liso arriscando a sena

Só acertando dezena

Aos menos uma façanha

Meu Vasco que não apanha

Como anda só os cascos

Nesta pandemia o Vasco

Não perde. Mengo não ganha

 

Jácute; é grande alegria

Passar uns dias invicto]

Pois vascaíno convicto

Agradeço a pandemia

Era fiasco todo dia

Com a doença a gente apanha

Sofrimento nas entranhas

Mas o time não dácute; fiasco

Nesta pandemia o Vasco

Não perde. Mengo não ganha

 

Não torço pela tal doença

Nem por uma outra qualquer

Quando essa não houver

Com toda essa desavença

No meu time tenho crença

Até torneio na Espanha

Ou mesmo na Grã-Bretanha

Voltarácute; a ser carrasco

Nesta pandemia o Vasco

Não perde. Mengo não ganha

 

 

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, ABRIL/2020

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 330 vezesFale com o autor