Usina de Letras
Usina de Letras
51 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60230 )

Cartas ( 21285)

Contos (13379)

Cordel (10346)

Cronicas (22252)

Discursos (3185)

Ensaios - (9657)

Erótico (13515)

Frases (47964)

Humor (19472)

Infantil (4770)

Infanto Juvenil (4108)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139137)

Redação (3095)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5760)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->CARTILHA DA VIDA -- 05/02/2021 - 09:54 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

CARTILHA DA VIDA

Poeta Andarilho

 

Não ensine o seu filho a ser covarde

Muito menos a ser um valentão

A escola que prepara um cidadão

Tem cartilha focada na verdade.

Bom exemplo plasma a honestidade

E o futuro só depende do presente

O casal deve ser mui competente

Quando tem que tomar uma atitude  

QUEM ESPERA CONVIVER COM A VIRTUDE

QUE CONSTRUA PLATAFORMA CONSISTENTE.

                      

Liberdade não se usa sem limite

Pois seria ter o mundo em sua mão

E assim pretender ter o condão

De livrar-se de conselho e de palpite.

A triagem passa por qualquer convite

De amigo, de vizinho, de parente,

Pra saber se o programa é decente

Recusando, firmemente, a ilicitude,

QUEM ESPERA CONVIVER COM A VIRTUDE

QUE CONSTRUA PLATAFORMA CONSISTENTE.

 

Não se pode reclamar do mundo torto

Se não houve um trabalho preventivo

Faltou base no projeto construtivo

Permitindo que chegasse o desconforto.

Sem comando você vai a qualquer porto

Aceitando um destino mui plangente

Desprezando um futuro promitente

Que se foi no barco da vicissitude

QUEM ESPERA CONVIVER COM A VIRTUDE

QUE CONSTRUA PLATAFORMA CONSISTENTE.

 

Comentarios

GERMANO CORREIADA SILVA  - 05/02/2021

Produziste um cordel supimpa. Meus parabéns!

Perfil do AutorSeguidores: 1Exibido 335 vezesFale com o autor