Usina de Letras
Usina de Letras
61 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60374 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9719)

Erótico (13520)

Frases (48266)

Humor (19559)

Infantil (4832)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139383)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->SARÁPAPÁ OXALÁ -- 29/07/2008 - 07:52 (Alberto Batista) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


SARÁPAPÁ OXALÁ





Quando ela passa pelas ruas da Praia grande,

Carregando um saguinho de camarão nas mãos,

Usando um short colado ao corpo robusto.

Sarápapá! Meu pai Oxalá!



Seu nome é bem original

Uma perfeita ré para trás,

Somada com Egina de lado a lado

Centralizando os olhos de meia-multidão

Sarápapá meu pai Oxalá!



A grande revelação do seu segredo

Expressamente percebido pela sua boca nervosa.

Mas quando esse arcanjo fica irado

Vira lúcifer incontrolável e endiabravel

Sarápapá Oxalá!



ALBERTO BATISTA
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui